Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação - Dose de warfarin para uso na síndrome do anticorpo antifosfolípide
Esta página já teve 111.072.870 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.782 acessos diários
home | entre em contato
 

Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação

Dose de warfarin para uso na síndrome do anticorpo antifosfolípide

20/09/2003

Dose de warfarin para uso na síndrome do anticorpo antifosfolípide: qual a ideal?

Muitos pacientes com a síndrome do anticorpo antifosfolípide e trombose reincidente recebem doses de warfarin ajustadas para alcançar uma relação normalizada internacional (RNI) de mais que 3.0. Porém, não há nenhum dado prospectivo para apoiar esta abordagem para tromboprofilaxia. Pesquisadores canadenses e americanos analisaram em estudo randomizado e duplo-cego, 114 pacientes acompanhados por 2,7 anos. Os pacientes foram divididos em grupos nos quais se mantinha um RNI entre 2,0 e 3,0, e um segundo grupo com RNI entre 3,1 e 4,0. Os resultados do estudo, publicados ontem na revista The New England Journal of Medicine, indicaram que a trombose recorrente surgiu em 10,7% dos pacientes recebendo altas doses de warfarin, e em 3,4% daqueles designados para receber doses moderadas do warfarin. Os autores concluíram que o warfarin em altas doses não era superior ao de doses moderadas, em pacientes com anticorpos antifosfolípides e trombose prévia.

 

New England Journal of Medicine


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos