AIDS/HIV - Como se dá a transmissão do HIV
Esta página já teve 114.654.965 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.775 acessos diários
home | entre em contato
 

AIDS/HIV

Como se dá a transmissão do HIV

29/11/2003

Como o HIV é transmitido?

A forma mais comum de transmissão do HIV é a relação sexual com alguém infectado. O vírus pode entrar no organismo pela vagina, pelo pénis, pelo reto ou pela boca durante a relação sexual.

O HIV também é transmitido por meio de sangue contaminado. Um número grande de infecções ocorreu no passado por meio de transfusões de sangue, a partir de doadores infectados. Atualmente, com os exames realizados nos bancos de sangue, o risco desse tipo de transmissão é extremamente pequeno.

Mesmo com a intensificação das campanhas pelo uso de agulhas e seringas descartáveis, ainda é comum a transmissão do HIV entre os usuários de drogas.

As mulheres contaminadas também podem transmitir o HIV aos seus filhos, durante a gestação, durante o parto e durante o aleitamento. O antiretroviral AZT, se administrado às soropositivas durante a gestação, pode reduzir o risco de mães infectarem os bebês. Os bebês devem nascer por meio de cesariana e não devem ser amamentados pela mãe. Se tudo isso for feito, o risco de eles serem infectados beira 1%, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

Um estudo patrocinado pelo governo americano em Uganda descobriu ainda que apenas uma única dose do antiretroviral nevirapina, dada a uma gestante infectada durante o parto, e outra dose dada ao seu bebê até três dias após o nascimento reduzem pela metade os riscos de ele ser contaminado se comprado ao AZT. Mas a pesquisa ainda precisa ser aprimorada.

Apesar de pesquisadores terem encontrado HIV na saliva de pessoas infectadas, não há evidências de que o vírus seja espalhado através da saliva. Pesquisas de laboratório mostram que a saliva possui propriedades naturais que limitam o poder de infecção do HIV. Mas ninguém sabe ao certo se os chamados “deep kissing”, onde há intensa troca de salvia, ou contatos sexuais orais (sem troca de fluidos sexuais), poderiam agravar os riscos.

Cientistas também não encontraram evidências de que o HIV seja transmitido por suor, lágrimas, urina ou fezes.

Estudos em famílias com pelo menos um soropositivo mostraram claramente que o HIV não se espalha via contatos casuais como uso dos mesmos utensílios domésticos, piscinas ou banheiros. O HIV também não é transmitido por mosquitos nem outros insetos.

BBC Brasil


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos