Stress/estresse - O Stress e Diabetes
Esta página já teve 114.087.706 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.847 acessos diários
home | entre em contato
 

Stress/estresse

O Stress e Diabetes

12/01/2004

 

 

O stress acontece quando seu corpo reage como se estivesse sob ataque.  A origem do stress pode ser física, como algum machucado ou doença. Ou mental, como problemas no casamento, trabalho, saúde, ou financeiro.

 

Quando ocorre o stress, o corpo se prepara para agir. E essa preparação faz com que os níveis hormonais cresçam muito. O efeito em cadei gera muita energia armazenada – glicose e gordura – disponíveis para as células.  Então, estas células são preparadas para ajudar o corpo a se livrar do perigo.

 

Em pessoas com diabetes, essa reação não funciona bem. Não é sempre que a insulina é capaz de deixar  energia extra entrar nas células, logo a glicose se empilha no sangue.

 

Muitas vezes a origem do stress não tem um tratamento a curto prazo. Por exemplo, pode levar meses para se recuperar de uma cirurgia. Os hormônios do stress que são designados para tratar com o perigo a curto prazo permanecem por um longo período. Como resultado, stress de longo prazo pode causar níveis altos de glicose no sangue por muito tempo.

 

Muitos casos de stress têm origem mental. Como o stress físico, o stress mental pode ser de curto prazo – como ficar preso no trânsito. Pode ser também de longo prazo – trabalhar com um chefe muito exigente, ou cuidar de um parente idoso. No stress mental, o corpo bombeia  hormônios sem proveito. Nada resolve quando o seu “inimigo” é sua cabeça.

 

Como o stress altera a diabetes

 

Nas pessoas com diabetes, o stress pode alterar os níveis de glicose. E isso acontece de duas formas. Primeiro, provavelmente a pessoa sob stress não se cuida. Elas podem beber mais álcool ou se exercitar pouco. Elas podem esquecer, ou não ter tempo, para testar seus níveis de glicose ou planejar bem suas refeições. Segundo, stress hormonais podem alterar diretamente os níveis de glicose.

 

Segundo estudos realizados por cientistas, os efeitos do stress em pessoas com diabetes tipo 1 são mais complexos. Enquanto na maioria, o stress mental eleva os níveis de glicose, em outros os níveis podem baixar. Nas pessoas com diabetes tipo 2, o stress mental aumenta os níveis de glicose freqüentemente.

 

O stress físico, como uma doença ou dano físico, causa níveis altos de glicose no sangue em ambos os casos de diabetes, isto é, tipo 1 e tipo 2.

 

Para algumas pessoas com diabetes, controlar o stress com uma terapia de relaxamento, parece ajudar. Ajuda mais as pessoas com diabetes tipo 2 do que as com diabetes tipo 1. Essa diferença faz sentido. Em pessoas com diabetes tipo 2, o stress bloqueia o corpo de soltar a insulina, logo cortar o stress ajuda essas pessoas. Pessoas com diabetes tipo 1 não fabricam insulina, logo a redução do stress não tem o mesmo efeito. Reduzir o stress pode ajudar pessoas com diabetes tipo 1 a se cuidarem melhor.

 

Stress e Personalidade.

 

Você tem algum controle sobre o stress. Você pode aprender a relaxar e reverter a resposta hormonal do corpo ao stress. E assim, você pode mudar sua vida para aliviar a origem do stress.

 

O que ajuda algumas pessoas a se livrarem do stress é saber como enfrentá-lo. Algumas pessoas tomam atitudes para resolver o problema. Elas dizem, “O que posso fazer a respeito deste problema?” Elas tentam mudar a situação para se livrar do stress.

 

Outras pessoas resolvem aceitar o problema como aprovado. Elas dizem, “Apesar de tudo, esse problema não é tão ruim”.

 

Geralmente, as duas maneiras de enfrentar o stress são úteis. As pessoas que as usam, quando estão com stress mental, tendem a diminuir os níveis de glicose no sangue.

 

Aprendendo a Relaxar

 

·        Exercícios de respiração.  Sente ou deite e descruze os braços e pernas. Respire profundamente. E depois solte o ar o máximo que puder. Inspire e expire novamente, desta vez relaxando os músculos intencionalmente enquanto expira. Respire e relaxe de 5 a 20 minutos. Faça esse exercício pelo menos uma vez por dia.

·        Terapia de relaxamento progressivo.  Essa técnica, a qual você pode aprender com pessoas especializadas, você enrijece os músculos, e depois relaxa.

·        Exercício.  Outra maneira de relaxar seu corpo, é através de ampla variedade de movimentos. Há 3 maneiras de se soltar através de movimentos: circulares, alongamento e sacudir partes do corpo. Para deixar esses exercícios mais divertidos, se movimente ao som de uma música.

·        Substitua os maus pensamentos por bons pensamentos.  Cada vez que você tiver maus pensamentos, tente pensar em alguma coisa que o(a) faça feliz ou orgulhoso(a). Ou memorize um poema, reza, música, e use-os para substituir um mau pensamento.

 

Qualquer método que você escolher para relaxar, pratique-o sempre. Assim como praticar um novo esporte pode levar semanas ou meses, aprender a relaxar também leva tempo.

 

Outras Maneiras para Reduzir o Stress Mental.

Você deve ser capaz de se livrar de alguns stresses da vida. Por exemplo, se o trânsito o (a) incomoda, tente achar um novo itinerário ou até morar mais perto do trabalho, ou sair mais cedo de casa e evitar horas de maior congestionamento. Se há algum mau entendido entre você e um parente ou amigo, você pode dar o primeiro passo para resolver esse problema.

 

Alguns problemas que dão origem para o stress jamais irão acabar, não importa o que você faça. Ter diabetes é um deles. Ainda assim, há maneiras de reduzir o stress de viver com diabetes.Grupos de apoio, associações, podem ajudar. Conhecer outras pessoas na mesma situação ajuda a não se sentir sozinho(a). Você pode aprender com outras pessoas algumas dicas de como lidar com os problemas.

 

Há ainda outros meios de evitar o stress. Algumas vezes, adicionar atividades positivas à sua vida pode ajudar. Você pode começar a praticar alguma atividade física ou entrar para algum time esportivo. Você pode aprender a dançar ou entrar para um clube de dança. Pode começar um novo hobby ou aprender um novo ofício. Você pode ser voluntário em hospitais, creches, asilos, etc...

 

Lidar diretamente com o stress relacionado com diabetes também pode ajudar. Pense sobre os aspectos da vida com diabetes que mais o stressam. Pode ser tomar os medicamentos ou testar os níveis de açúcar no sangue regularmente, ou se exercitar, ou não comer como você gostaria.

 

Você pode conseguir ajuda para qualquer um desses problemas. Peça à sua equipe médica para indicar um psicoterapeuta. Conversar com um especialista pode ajudá-lo a dominar seus problemas. Você pode aprender novas maneiras de enfrentar ou até mudar seu comportamento.

 

 

Fonte: ADA - American Diabetes Association

www.diabete.com.br

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos